“Hunger games”

“Hunger games”

Não vi o trailer portanto não sabia ao que ia. Tudo o que sabia era o que tinha lido nas gordas dos jornais, que este filme ia ser o próximo “Harry Potter” ou o próximo “Crepúsculo”…ai ai logo ai, alto e pára e baile… que eu sou fã dos dois. “Jogos de fome” tem tudo para ser uma boa história, (e de facto é) menos o nome!

Imaginem um país dividido em 12 distritos. Todos muito pobres, escassos em alimentos e bens essenciais. E uma vez por ano vem o governo e leva consigo 2 elementos de cada distrito, um rapaz e uma rapariga. O objectivo é participarem nos “Jogos de fome”. Uma espécie de Big Brother mas de onde só uma das 24 pessoas que participam sai com vida. Há um mediatismo à volta deste jogo que eu não compreendi muito bem, como é que é possível ficar a assistir à morte de 23 pessoas para haver uma que se sagra campeã?! Iupi vitória, ganhei o jogo! … É um filme, ok!

Antes do jogo começar os concorrentes apresentam-se e o melhor que têm a fazer é deixar que o público os aprecie pois assim terão mais hipóteses de ganhar. Katniss (a protagonista, é uma jovem de 16 anos que se dá como voluntária para substituir a irmã mais nova) e Peeta são os jovens concorrentes do distrito 12 e com o nervosismo do início do jogo começam a aproximar-se.

Katniss é apontada como a grande vencedora e dentro de jogo é mesmo a mais temida. Ela e Peeta vão se aproximar, porque assim haverá mais hipóteses de ganharem o jogo, mas surge algo inesperado entre eles. E é aqui que está a minha maior dúvida, será que se apaixonam mesmo ou é estratégia de jogo?

No fim os dois estão juntos, mas só um pode ganhar o que quer dizer que só um pode sobreviver. Regras são regras. Mas as regras existem para ser quebradas.

Acabei por gostar imenso do filme pela emoção da sobrevivência, por ver aquilo que afinal somos ou não capazes de fazer para sobreviver. Tem movimento, tem história e é diferente do comum. Já há muito tempo que não via um filme assim. Já percebi que o filme é baseado em livros (que vou ter de comprar! Tenho de saber se eles são mesmo os próximos Edward Cullen e Bella Swan, né?) e que portanto haverá continuação. Não sei se é o novo Crepúsculo, mas de certeza que não é o novo Harry Potter.

 

Deixe uma resposta