“Se tu queres um amigo, cativa-me!”

“Se tu queres um amigo, cativa-me!”

Nunca li “O principezinho”.
Eu aqui confesso esta minha falha grave de conduta. Esta ofensa para muita gente, este erro imperdoável… Deverei ser apedrejada em praça pública? Não foi por falta de vontade, talvez por falta de oportunidade. (No entanto, permitam-me dizer que tive uma infância muito feliz!)
Hoje, duas páginas desta história de Exupéry vão a leilão. São páginas inéditas.
Apesar de nunca ter lido, há uma passagem, que me apareceu noutro livro, que eu gostei muito e ainda hoje me lembro. (Perdoada?)

E é por isto, amigos, que sempre que voltarem a reclamar do meu feitio…que é isto e que é aquilo… o que vos tenho a dizer é que a culpa é vossa. E, mais, ficam responsáveis para todo o sempre por aquilo que cativam!

1 Comente

  • Ana Filipa Range
    18 Maio, 2012 10:37

    Adorei 😉

Deixe uma resposta