Nem sim nem não

Nem sim nem não

À segunda-feira não me apetece ser optimista, nem positiva. Não me apetece acreditar em frases feitas, nem me apetece acreditar em fundamentalismos de que tudo se consegue, basta querer. À segunda-feira não me apetece dominar o sono. À segunda-feira não me apetece chatear, precisamente porque todas as coisas me chateiam, demais.
Não me apetece gritar, nem refilar. Nem rir, nem chorar. Não me apetece deixar andar, nem fazer. Não me apetece falar. Não quero escolher, nem decidir. Nem ir nem ficar. Não quero nada.

Hoje não é segunda-feira? É! Há demasiadas segundas-feiras.

 

Deixe uma resposta