Não esgravate a manteiga

Depois de ouvir a Mixórdia de Temáticas com o apelo “Não parta parvamente o pão”, além de me rir muito, fiquei a concordar. É que, de facto, nunca me tinha lembrado disso porque ando demasiado ocupada a pensar em quem barra de forma completamente à balda a manteiga.

Irritam-me as pessoas que tiram bocados em vez de passar suavemente a faca de um lado para o outro e de maneira uniforme no frasco da manteiga. O mesmo se passa com o frasco da marmelada ou da nutella. Para quê esgravatar? Porquê não cortar bocados direitos, milimetricamente iguais?
Sempre que vou comer uma destas coisas acabo sempre por comer mais do que queria porque passo muito tempo a endireitar…

 

Deixe uma resposta