I’m (not) running # 9 – Corrida Vitalis

I’m (not) running # 9 – Corrida Vitalis

A primeira corrida oficial. Com direito a dorsal ao peito e chip para contar o tempo.

Passar da fase “odeio correr” à “participo em corridas” tem no meio um coisa chamada joelho. Nunca corri a pensar em competições, tempos, velocidades ou qualquer outra coisa parecida. Na verdade sempre corri sem pensar em grande coisa. Comecei e continuei a correr primeiro que tudo para fazer uma coisa nova. Depois para me desafiar e para contribuir para o meu bem estar físico, pela saúde e pelo convívio com uma grande comunidade. O passo para consolidar isso era participar numa corrida a sério.

O joelho meteu-se no meio porque me começou a doer um belo dia. E eu ignorei. Achei normal. Mas não era, pois nada que provoque dor pode ser normal. E fez-me passar da pessoa que participa em corridas e vibra com o ambiente para a pessoa que odeia correr. Outra vez.

E então vivi a minha primeira corrida a sério com uma dor no joelho. Tive que curtir todo aquele ambiente frenético com tanta gente a correr assim meio que dividida entre a corrida e a caminhada. Tinha um emplastro no joelho receitado pelo médico e a indicação de não correr. E fiz pela metade aqueles sete quilómetros. Metade a correr, metade a andar. Não era assim que queria ter feito isto. Mas fiz. As pessoas todas a correr…era quase impossível não ir com elas. E fui.

Deixe uma resposta