“Wingardium Leviosa”

“Wingardium Leviosa”

“Vai correr tudo bem” – murmurou Ginny. Ao olhar para ela, Harry baixou a mão e tocou na cicatriz em forma de raio que tinha na testa.Eu sei que vai.” Há dezanove anos que a cicatriz não o incomodava. Estava tudo bem. Assim terminou o último livro da saga Harry Potter. Mas na verdade não é bem assim…

Albus Severus Potter. É dele que vamos ouvir falar no novo livro “Harry Potter and The cursed child“. Albus Severus Potter é o filho do meio de Harry Potter e Ginny Weasley. E sim, há um novo livro, soltem os balões, toquem as vuvuzelas! Muggles deste mundo, vamos correr às lojas! Esta nova sequela resulta de uma peça de teatro (da autoria de J.K.Rowling, Jack Thorne e John Tiffany) em Londres. Os fãs pediram o formato em livro e eis que ele chegou. A apresentação é feita hoje na livraria Lello, no Porto, inspiração de J.K.Rolling quando viveu nesta cidade portuguesa.

Já tinha algumas saudades destes feiticeiros. Mesmo quem não leu os livros, viu os filmes. Mesmo quem não acha especial piada é capaz de reconhecer o nome das personagens. É uma história incrivelmente bem escrita, onde está tudo pensado para nos surpreender sem falhas. Mesmo depois da saga ter sido dada como terminada, parece que há uma espécie de legião de seguidores, tanto que foi criado o site Potter More, para estarmos sempre ligados. Quando comecei a ler devia ter uns 12 anos. Mas a cada livro que saia era uma excitação mesmo já depois de adulta, como se pode notar agora. As escadas que mudam de direção. Os retratos que se mexem. O manto de invisibilidade. Os feijões com sabores. As poções e os feitiços… Wingardium Leviosa! Que saudades do mundo mágico.

A história começa 19 anos depois de Harry, Hermione e Ron terem descoberto os sete talismãs da morte. Harry é agora trabalhador do ministério da magia e é casado com Ginny com quem tem três filhos: James Siriús, Albus Severus e Lily Luna. Todos batizados com nomes de pessoas que foram importantes na vida de Harry. O filho mais velho lembra o pai e o padrinho. O filho do meio homenageia o antigo diretor de Hogwarts e grande mentor de Harry e o professor de Defesa Contra as Artes das Trevas que o atormentou anos a fio, afinal, por um bom motivo! A filha mais nova é a lembrança da mãe de Harry e da amiga dos pais.

Ron e Hermione estão juntos. Finalmente. É verdade, após sete livros e oito filmes resolveram assumir aquilo que se percebeu desde a Pedra Filosofal, altura em que sem parar de implicar um com o outro se tornaram inseparáveis. Têm agora dois filhos: Rose e Hugo.

O final do último livro acontece junto à plataforma nove e três quartos onde Albus e Rose se preparam para ir para a escola de magia pela primeira vez sob o olhar do brincalhão James, já aluno na escola, e dos pequenos Lily e Hugo ansiosos por chegar a sua vez. Só Albus parece estar desconfortável. Tem medo de ir para os Slytherin.

“_ Albus Severus (…) tens o nome de dois diretores de Hogwarts. Um deles era dos Slytherin e foi provavelmente o homem mais corajoso que alguma vez conheci.

_ Mas imagina que…”

Não é fácil ser o Harry Potter. Também não é fácil ser o filho dele.

Deixe uma resposta