Homens VS mulheres a fazer desporto

Homens VS mulheres a fazer desporto

Há várias diferenças na forma como homens e mulheres olham para o desporto. Mas creio que há uma que é colossal. Essa diferença está claramente na vontade com que o fazem.

Apresento o estudo, feito por mim, com critérios rigorosos e nada tendenciosos. Num universo tão vasto decidi basear-me numa amostra, escolhida aleatoriamente: o homem e a mulher que moram cá em casa. Portanto eu e ele.

O homem e a mulher perante a hipótese de ir fazer desporto

Ele: só vê essa hipótese. Não há qualquer possibilidade de não ir fazer desporto.

Ela: nunca vê essa hipótese.

O estado de espírito do homem e a mulher a fazer desporto:

Ele: Entusiasmado e com um sorriso

Ela: Não há estado de espírito porque isso cansa. Só consegue reclamar e bufar.

O homem e a mulher no ginásio:

Ele: está na parte dos gorilas. A levantar pesos de 30 quilos (em cada braço) em frente ao espelho a fazer caretas e super orgulhoso do seu esforço.

Ela: está numa máquina qualquer, tipo bicicleta, à velocidade mais baixa que existe. Sem se mexer grande coisa e a dizer que nunca mais se vão embora. Que já ali estão há uma vida.

O homem e a mulher antes de ir correr:

Ele: Então já estás pronta? Hoje vai ser muito bom, vou correr 10 km a um ritmo de 4 e meio. Já tenho aqui o relógio… bla bla bla (a mulher deixa de ouvir entretanto)

Ela: Pronta para quê?

O homem e a mulher depois de vir da corrida:

Ele: Está fresco que nem uma alface. É capaz de correr tudo novamente amanhã. Não tem dores.

Ela: Está esparramada no sofá. Dói-lhe tudo, até a alma. Não pára de repetir que nunca mais vai correr. Nem devia ter ido hoje.

O homem e a mulher num dia em que não vão fazer desporto 

Ele: Acorda cedo e diz que vai só até ali ao ginásio num instante e já volta.

Ela: O quê? Já fizeste exercício a semana toda. Hoje já tínhamos combinado que não íamos. Tá sossegado.

Ele: Vá, até já.

Conclusões do estudo:

O homem está sempre disposto, pronto e a pensar em fazer desporto. O homem acorda cedo se for preciso. O homem corre. Vai ao ginásio levantar peso e ainda joga à bola. O homem se tivesse mais horas no dia ainda era capaz de nadar ou jogar badminton. O que fosse. O homem leva equipamento quando vai de férias. O homem marca fazer desporto com outros homens. O homem tem uma aptidão inata para praticar desporto que é vista pela mulher como algo extremamente irritante e impeditivo da prática da vida normal e causadora de várias discussões conjugais.

A mulher gosta de ficar a amolecer o lugar no sofá. Gosta de acordar tarde e a última coisa em que pensa é em ir fazer exercício. A mulher nunca na vida vai fazer desporto com as amigas. Só se bater perna no centro comercial ou o levantamento do garfo do crepe de chocolate contar como desporto. A mulher tem vinte mil planos para fazer em férias e nenhum inclui desporto. Na mala de viagem nem cabe a roupa normal quanto mais a roupa do ginásio. Tenham juízo! A mulher reclama que está gorda o que é visto pelo homem como algo extremamente irritante, na medida em que ela, efetivamente, não faz nada para não estar.  Mas ele sabe que a única coisa que lhe cabe fazer é continuar a dizer-lhe que está linda e magra.

2 Comentários

  • Green
    6 Janeiro, 2017 15:25

    Posso concordar que essa será a generalidade, mas confesso que nem todas as mulheres são assim, eu por exemplo não sou. Mas lá está, cada um na sua e o teu post está muito engraçado, pois reflete o estado de espírito de muitas mulheres e de muitos homens :)

    • Andreia Moita
      6 Janeiro, 2017 17:53

      Ahahah isto que eu escrevi é o dia-a-dia cá de casa!
      Concordo plenamente que há mulheres muito motivadas. Eu não sou uma delas, mas vou lá mesma. Refilo mas vou 😉

Deixe uma resposta