O melhor de Março

O melhor de Março

Março, mês de Primavera. Está tímida,o raio da miúda. Podia-nos trazer mais dias de sol como o dia de hoje. Quero mais dias de luz, mais dias de flores, mais dias a cor-de-rosa. Como já vem sendo hábito este é o post das melhores coisas. Das melhores coisas de Março.

livros-series-e-filmes

Este mês comecei a ver “This is us” e é a série do momento. Falei dela no post anterior por isso não me vou alongar. Têm mesmo que ver.

Estreou o tão aguardado “A Bela e o Monstro“. A história infantil virou história de toda a gente. Mais de vinte anos depois da estreia do filme da Disney (pânico!), ele volta com actores reais e com Emma Watson a mostrar que sabe ser mais que Hermione.

Ainda deu tempo para ir ver “Malapata”, o filme realizado por Diogo Morgado e com Rui Unas e Marco Horácio nos papeis principais. Eu gosto de filmes portugueses, começo já por dizer. Acho que estamos a crescer no cinema e a fazer um bom trabalho. Malapata quer dizer má sorte e o filme desenrola-se com uma série de azares que acontecem às personagens principais. É um filme cheio de humor ao estilo dos velhos “Sorte Nula” e “Contraluz”, sou fã deste estilo. Não vou adiantar detalhes, mas ao intervalo já eu estava com tiques a dizer algumas das frases com mais graça.

malapata

A música não faz parte desta categoria, mas tenho que vos contar o que o que tenho andado a ouvir. Tenho gostado bastante da música da Ana Moura e do Agir, “manto de água”, bonita melodia e letra. Depois, num estilo completamente diferente conheci Tiago Iorc e todas as músicas são óptimas descobertas, estou absolutamente viciada. Quando gosto de uma coisa destas ouço até ao fim do mundo, até saber de cor, até enjoar. Neste momento ouço as músicas dele até quando vou tomar banho. Por fim, devo dizer que desde que voltei de Cuba ainda não parei de ouvir reggaeton, meu deus, isto faz-me tão bem.

exercicio

Não tenho treinado quase nada. Bom, vou-me deixar de coisas. “Quase” não é a palavra ideal. Eu não tenho treinado e ponto. O meu runkeeper passa a vida a mandar-me mensagens a dizer para ir treinar ou a lembrar-me quando foi a última corrida. Já pensei apagar esta aplicação porque não estou para levar com isto. Uma aplicação a dar-me ordens, a envergonhar-me. A minha vida não é isto.

Apesar do pouco treino decidi ir na mesma à Mini Maratona. As provas correm sempre melhor do que os treinos. É uma cena que eu tenho para mim. Estava um calor incrível. Não cheguei à conclusão do que era pior (ainda estou a reflectir) se correr debaixo de sol ou de chuva. Nessa tarde e no dia seguinte as minhas pernas mostraram bem quais são as consequências de não treinar.

img_7835.jpg

comrpas

Ando-me a poupar nas roupas. Em final de estação decidi não fazer compras por não saber se compro manga comprida ou curta. Vai daí, não comprei nada, mas ando com uns ténis debaixo de olho. Ando sempre a averiguar as últimas novidades a este nível. Não vai dar para resistir muito mais tempo.

Comprei, sim, alguns produtos de maquilhagem e cuidados de pele. Experimentei os produtos da marca Cien do lidl. Só ouvia maravilhas e quis ver. Estou a usar o creme hidratante e gosto da textura e do cheiro que é uma coisa que me incomoda normalmente nos cremes. O rímel faz um bom efeito para o dia-a-dia, embora para mim seja preciso sempre um rímel topo do topo porque praticamente não tenho pestanas, é uma seca. Quanto à base, olhem, surpresa, gostei. É muito fluída, espalha bem. Mas é para o dia-a-dia porque a cobertura é baixa. Para uma coisa que custa menos de três euros serve muito bem para umas horas.


passeiosLogo no início do mês fui visitar o Porto. Já lá tinha estado há uns anos valentes e está completamente diferente. O Porto está como novo. Está alegre, está arejado, está moderno e ao mesmo tempo consegue manter a sua tradição. Estive a passear de tuk tuk e passei nos principais pontos da cidade, sempre cheia de turistas. O Porto está mesmo na moda. O roteiro de dois dias está aqui.

IMG_1404

hobbies

Na altura do Natal recebi a minha máquina da Cannon. Só um tempo mais tarde é que soube que pela compra na campanha de natal havia uma oferta de um curso, de um dia, para aprender umas noções básicas. Foi na semana passada e adorei. Descobri lá botões na máquina que nem sabia que existiam quanto mais para que é que serviam. Houve tempo para explicações teóricas e da parte da tarde foi para tirar fotos. É uma área em que vou apostar mais, sem dúvida nenhuma.


Também andei a experimentar aqui por casa umas receitas saudáveis. Fiz um bolo de mirtilos e aveia cuja receita está aqui. Fiz outro de banana, aveia e nozes e ainda experimentei as papas de aveia que aprendi no Brunch das princesas, vou partilhar receita mais tarde.

Experimentei os famosos iogurtes Syrk no Lidl. Como esperei que passasse a onda da histeria consegui encontrar quase todos os sabores. Eu não gosto de iogurtes de aroma, prefiro os de pedaços ou então junto fruta e cereais. Os Syrk têm uma textura muito grossa que não é o que eu mais aprecio mas gostei ao nível do sabor principalmente do de mirtilo e do de pêssego (que tem pedaços), ainda assim juntei cereais e gostei. O melhor é que tem poucas gorduras e isso é top. Mas só porque gostei, isso não quer dizer que vá a correr, descontrolada, comprar caixotes disto.

img_7801.jpg

img_7868.jpg


desafios

Os meus desafios deste mês têm a ver com a fotografia (de que já falei em cima) e o com o blog. Aqui comecei duas rubricas novas que são a “Quote of the day” em que escolho uma frase que me diga alguma coisa e comento-a. E o outro é em conjunto com outras bloggers. Há uma palavra por mês e nós escrevemos sobre ela. A palavra de Março está aqui e a palavra de Abril sai na próxima quarta no blog A vida não tem que ser perfeita. São as palavras quase perfeitas.

Deixe uma resposta