Sesimbra | Praia Ribeira do Cavalo e a miúda do sol

Sesimbra | Praia Ribeira do Cavalo e a miúda do sol

Minha rica Sesimbra. Não há ano sem lá passar. Sou apaixonada por aquele mar sem ondas, pela vila piscatória, pelo cheiro a peixe naquelas ruas, pelos pequenos almoços da minha infância e por aquele gelado de groselha daquele café, que já fechou, mas que nunca mais encontrei igual.

Ah, minha velha e boa Sesimbra. Só me trazes memórias de dias inteiros no mar. Até os pés congelarem e as mãos ficarem enrugadas. Dos dentes a bater enquanto dizia “não, mãe, a água está boa, não quero sair já”. A minha mãe chamava pata. Podia ser sereia do mar, golfinho azul, peixinho dourado, mas não, era pata. Pronto é o que temos.

Quero lá saber se a praia está cheia de gente. Sesimbra e a praia da Califórnia fazem parte das minhas memórias mais saborosas de verão. Puxar a toalha para cima que o mar está subir. Fazer castelos na areia que a minha irmã teimava em destruir, “oh mãe olha elaaa”! O meu pai a encher o barco para irmos lá para o fundo, para onde não temos pé. Aqueles restaurantes com peixe fresquinho (que na altura não sabia apreciar porque tinha espinhas), as gelatarias mais famosas das férias e aquele café onde comia sempre o mesmo bolo ou o outro que trazia uma bolacha de canela. Os passeios à noite pelos caminhos da vila. O palco, depois da fortaleza, para as festas de verão, para onde eu insistia subir, para tirar fotografias, tornando aquilo no meu próprio espectáculo.

Mas hoje não é dessa praia que venho falar. Nem de memórias felizes de infância. Hoje venho mostrar que depois destes anos todos ainda descubro coisas fantásticas em Sesimbra. Como, mas como, é que eu nunca tinha ido à praia Ribeira do Cavalo, o caribe português? Meu deus, se aquilo não é uma praia do paraíso, ao nível das maiores belezas do oceano, então eu não sei o que é.

Mas sendo ela uma pequena delícia para os olhos não é fácil lá chegar. Só se pode ir de barco ou a pé. E para chegar lá a pé, que foi o que eu fiz, é difícil à brava, mas vale a pena todo o esforço. Chega-se de carro por uma estrada de terra batida, que suja o carro todo, perto do Clube Naval de Sesimbra e sobe-se até ao cimo da falésia. E depois daí é escolher o melhor trilho pedestre para descer até lá abaixo. Às vezes não é fácil perceber, mas eu seguia as pegadas. O caminho é feito por dentro da vegetação e a descida inclui pedras e pedragulhos. É assim tipo #viveravidanolimite.

img_9821.jpg

Dicas:

  • Não é fixe ir de chinelos, nem carregados com tralhas nas mãos
  • O ideal é levar uma mochila às costas com a água e comida, porque depois lá em baixo não há nada, nem cafés nem vigilância.
  • Quando forem embora, a subida também não é fácil, apoiem-se com as mãos sem medos e façam tipo escalada :)

Depois de descer um bocado e começar a suar por todos os poros, algures lá em cima vê-se isto. E, oh meus, se isto vale a pena. Amantes de praia como eu vão compreender e dar um suspiro daí no conforto do vosso sofá.

Chegados lá em baixo, tirem a ideia de que vão estar a uma praia deserta só porque é difícil lá chegar. Tem gente. Mas ok, o ar é de todos e há espaço suficiente para ninguém estar em cima da vossa toalha a ler o vosso livro com vocês.

Eu não editei estas fotos. Juro por tudo que o mar é mesmo assim. Esta cor é verdade, é real. Opah, sou só eu que ligo a isto? Para mim que sou a miúda do sol, este mar, com esta cor significa…vida. São os dias de verão que me fazem ser mais eu, plenamente. É neste ambiente que sou mais despreocupada, mais calma, mais feliz.

img_9807.jpg

Podem ver outras odes de amor à praia aqui:

É dia de praia

A quote of the day # 2

O sol do outro lado

6 Comentários

  • Ana Monteiro
    23 Junho, 2017 9:40

    A Praia é o meu happy place! E tenho montes de vontade de ir a essa Praia, não posso deixar passar este verão sem lá ir! Vou aproveitar e seguir as tuas dicas ♥️

    • Andreia Moita
      23 Junho, 2017 9:54

      Vai sim. Se a praia é o sítio então vai que isto vale a pena! :)

  • Carla Marques da Silva
    23 Junho, 2017 13:39

    A praia do Cavalo ainda não visitei, mas pelas foto é muito bonita! Já fui algumas vezes para a dos Galápos e também é fantástica!

    Beijinhos <3
    http://demantanosofa.blogspot.pt/

    • Andreia Moita
      23 Junho, 2017 16:11

      É verdade Carla, a praia dos Galápos também merece palmas, também já lá estive! Mas tens que ir experimentar esta :)
      Bjs

  • Raquel Dias da Silva
    24 Junho, 2017 13:16

    Andreia, gosto muito da forma como escreves, como contas histórias. Gosto deste tipo de publicações e estou tão feliz por finalmente conhecer este espaço. Eu também adoro praia, ou não tivesse crescido no Algarve. De Sesimbra só conheço o Cabo Espichel e uma praia perto cujo nome não sei dizer, mas que a única vez que lá fui me ia congelando a espinha. Mas agora fiquei muito curiosa com esta que nos apresentas. Tenho de convencer o João, o meu companheiro de aventuras, a irmos visitar esse paraíso. Obrigada pela partilha. Beijinhos

    • Andreia Moita
      24 Junho, 2017 19:47

      Obrigada pelo carinho Raquel. Visita que vais gostar imenso. Adoro o Algarve, vou sempre que posso, tem paraísos lindos! Bjs

Deixe uma resposta