Dia-a-dia

Dia-a-dia

Vamos falar de moda # calças de ganga

Eu acho mesmo que isto merece uma dissertação exaustiva. Umas calças de ganga hoje já não são um assunto assim tão simples. Eu olho para o meu armário das calças e o meu critério para comprar outras é a cor. Tipo, sei lá, preciso de umas calças um tom de azul abaixo das outras trinta que já tenho ali. Sinto que há um sem fim de tipos de calças de ganga que eu estou a ignorar na minha vida. Continuar a ler

Dia-a-dia, Histórias

Escrever na rua

Escrevi sozinha na rua. Nunca tinha escrito, deitada numa manta de retalhos, no jardim. Havia sombras mas eu escolhi o sol, porque o vento era frio e assim sempre estava mais aconchegada. O sol a bater na nossa cara é sempre reconfortante. Abri o meu caderno e dei corda à caneta. Não era uma caneta de penas, mas era a minha companheira para essa tarde. Escrevi até me doer o calo do dedo dos tempos de escola. Continuar a ler

Dia-a-dia

Piqueniques em Lisboa

Este ano dei lugar aos piqueniques na minha vida. Há muito tempo que não os fazia. A verdade é que adoro toda a parafernália que um piquenique inclui. Adoro a cesta de verga. Adoro a toalha aos quadrados. Adoro os pratos e copos coloridos. E as comidas práticas e leves que compõem esta mesa improvisada ao ar livre. Por isso mesmo trago hoje alguns dos melhores sítios em Lisboa para estender a toalha ao ar livre: Continuar a ler