Frutaria

Frutaria

Não me canso de descobrir sítios para tomar o pequeno-almoço, brunch ou um lanche só. Ao mesmo tempo que faço isto, também vou descobrindo novos alimentos que depois tento introduzir na minha alimentação. Dou por mim a fazer listas e a Frutaria estava na minha lista de sítios a visitar e o objectivo cumpriu-se este mês.Agora virou moda frequentar sítios que proporcionem fotos bonitas para o instagram. Virou moda os sítios com alimentos saudáveis, que só têm abacate e açaí nas suas ementas. Não há croassants nem pães de leite. E isso faz com que se torne cada vez mais difícil escolher tanto os sítios como as comidas. Há uma proliferação de locais e ingredientes novos.

Estes sítios costumam acumular uma fila gigante à porta em horas de ponta. E isso torra a minha paciência. Quando fui à Frutaria, em plena Baixa de Lisboa, não havia muita gente e isso cativou o meu coração. Além de não ser preciso esperar, o atendimento não foi apressado nem confuso.Conheçam aqui a página de facebook.

frutaria

Em primeiríssimo lugar: a decoração. O que dizer de um sítio que se chama Frutaria? Eu já sabia que ia adorar. Há frutas por todos os lados. Desde a montra até às paredes. O sítio é pequeno mas acolhedor o suficiente para lá ficarmos um bom bocado, tendo zonas que até parecem ser mais privadas.

Agora passamos à parte essencial que é a comida, pois claro. Não estaríamos aqui a falar se a comida não fosse boa, não é mesmo? Eu e ele gostamos de pedir diferente para depois poder provar as coisas um do outro. O que acontece frequentemente é que ele acaba por fazer as melhores escolhas, despoletando em mim sentimentos de inteira inveja. Às vezes tento olhar para ele com cara de gato das botas para ver se ele troca comigo. Na maior parte das vezes ele é um querido e cede-me o seu prato. Foi, também, por ele ser assim que eu o escolhi. Quando divides e ainda trocas de prato, é amor.

A taça de açaí da Frutaria

Então, não vos deixo mais à espera. Eu pedi um iogurte com granola e ele uma taça com açaí e fruta. Estão mesmo a ver que eu fiquei deliciada com o açaí gelado com aquela cor maravilhosa e acabei eu por ficar com a taça dele. Na verdade, adoro o sabor, a textura e o frio de um bom açaí, mas nada bate aquela cor. Nem parece comida de verdade. Adoro comer uma coisa roxa. Não é que não tenha gostado do que eu pedi, só achei mais normal e menos surpreendente.

As panquecas com maçã assada e gelado

Agora, por favor, um minuto de silêncio por estas panquecas. Ainda bem que as troquei à última hora. Tinha pensado nas de chocolate e morango, mas dado que isso já como muitas vezes, porque está muito visto, optei por estas com caramelo, maçã assada, passas e gelado. E que boa escolha que eu fiz. Esta panqueca tinha uma textura alta e fofa, fresca e quentinha, acabadinha de fazer só para mim. Uma bela escolha da minha parte, digo-vos já. A combinação de sabores era totalmente perfeita.

O que é que nunca pode faltar num brunch?

Comecei com as maravilhas do açaí, segui para aquilo que peço sempre nos brunchs que são panquecas e termino agora com o ingrediente de qualquer pequeno-almoço no meu entender. O abacate. A torrada de abacate e ovo com queijo fez a alegria deste dia. Estava incrivelmente bem preparado, cada vez gosto mais de abacate.

Para fazer juz ao nome Frutaria, todos os nossos pedidos continham fruta. A taça de açaí com manga do princípio da refeição. A maçã assada para fazer as vistas da minha panqueca. E no final, o abacate e um sumo de melancia.

E vocês, que brunchs me recomendam?

9 Comentários

  • A casa da branca de neve
    23 Março, 2018 13:25

    Uau, tem tudo tão bom aspeto, Essas panquecas deixam água na boca!

    • Andreia Moita
      24 Março, 2018 14:36

      Eram fantásticas mesmo, muito fofinhas e com muito sabor.

  • Alexandra Soares
    23 Março, 2018 18:55

    Panquecas são quase obrigatórias! Parabéns pelas fotos!

    • Andreia Moita
      24 Março, 2018 14:35

      São mesmo! Uma delícia de pequeno almoço ou lanche. E tantas variedades e conjugações que podemos fazer que nunca nos cansamos. Beijinho

  • Green
    24 Março, 2018 12:33

    Nunca experimentei brunchs, na zona onde vivo não existe essa quantidade e variedade toda como em Lisboa, mas ando muito curiosa para experimentar, quando tiver oportunidade não falha. Bom aspeto tem essa comida 🙂

    • Andreia Moita
      24 Março, 2018 14:34

      O que achas de eu fazer um post com ideias para preparar um brunch em casa? Garanto que pode ser bem giro na mesma. Beijinhos

  • Filipa
    24 Março, 2018 17:48

    Quero tanto ir à Frutaria! Mas, por agora, os meus pequenos-almoços em Lisboa têm de começar por volta das 8 horas e a essa hora a Frutaria está fechada 🙁

  • Daniela Soares
    25 Março, 2018 23:18

    Também faço isso de escolher pratos diferentes dos do meu namorado e normalmente também é ele que faz sempre as melhores escolhas porque eu vou sempre para as coisas mais estranhas na ânsia de provar coisas novas e diferentes.xD

    Another Lovely Blog!, http://letrad.blogspot.pt/

    • Andreia Moita
      26 Março, 2018 10:28

      Já eu vou sempre para as escolhas mais seguras e perco as melhores oportunidades de provar. Só estou safa porque ele é destemido e prova tudo e depois se eu gostar troca ahaha

Deixe uma resposta