10 frases sobre o Bloggers Camp 2018

10 frases sobre o Bloggers Camp 2018

Os dias a seguir ao Bloggers Camp são de muita reflexão e acho que isto é uma coisa que partilhamos todos. Gostamos de pensar sobre que se passa lá antes de desatar a escrever. Este ano demorei mais para me expressar do que o ano passado. Mas é chegado o tempo de me dedicar às frases sobre o Bloggers Camp deste ano.

O ano passado, depois de sair do encontro, senti uma espécie de clareza. Chamei “o início” ao primeiro post que escrevi sobre isto, ainda sem saber o que ia acontecer. (Gostava muito que o lessem, porque explica muito do que é a essência do Bloggers Camp, bem como o que acontece posteriormente, está aqui.)

Será exagero dizer que a minha vida mudou, mas afirmo com certeza que muitas coisas se alteraram desde então. Foi exatamente isso que disse às pessoas que conheci há um ano, quando nos encontramos na nova edição. O Bloggers Camp é importante pelos workshops, em que aprendemos técnicas na área dos blogs, mas é muito mais intenso a nível pessoal: para a criação de laços e para auto-conhecimento.

Espaço, fotos e coffe break

Antes de passar às frases sobre o Bloggers Camp deste ano quero enaltecer o espaço escolhido: A “Academia às nove” é pura inspiração. Um lugar criado com amor, em cada detalhe, pela Sofia do Às nove no meu blog. Pensado para que seja possível desenvolver sentimentos positivos quando lá entramos. Tenho muitas dúvidas na vida, mas tenho a certeza que lá vou voltar.

A talentosa fotógrafa Margarida Pestana esteve sempre atenta e a espalhar flashes. Como sei que o trabalho dela está incrível, mesmo antes de o ver, quero dar-lhe os parabéns pela dedicação com que o fez. Ela não sabe, mas é muito importante a presença dela porque me identifico e a maneira dela ser já por si só é cativante.

Outra coisa importante antes de avançar é parabenizar a LCake por nos proporcionar os melhores momentos de “bloggers sendo bloggers”. Porque nenhuma blogger resiste a fotografar comida. E o lanche feito pela Lídia podia ser só bonito para a foto. Mas não. É delicioso e feito com toda a dedicação.

10 frases sobre o Bloggers Camp 2018

Os números não devem ser o mais importante. Ser genuíno sim.

“Então e já tens muitos seguidores?” Esta deve ser a pergunta que os bloggers mais ouvem. E mais irritante do que essa só se for aquela…”então, quando é que começas a ganhar dinheiro com o blog?”. Concordam? A questão aqui é o que queremos fazer do nosso blog e o que estamos dispostos a fazer para lá chegar. Conheci a Joana de Vivre que nos falou sobre ser youtuber e parabenizou a nossa vontade genuína de criar bons conteúdos para a internet. Se formos no digital aquilo que somos offline as pessoas percebem quem somos de verdade e acreditam na mensagem que queremos passar. E é tão mais fácil sermos a mesma pessoa!

Tudo o que dizemos tem impacto nos outros

Seja para uma pessoa. Para cem ou para mil. Não interessa para quantas pessoas falamos. Interessa de que maneira as tocamos e portanto há uma responsabilidade que devemos ter presentes quando escrevemos/falamos. Tudo o que dizemos tem impacto nos outros, foi uma das frases da Vânia Duarte (Lolly Taste), no workshop de “Influência digital e responsabilidade social”. (Gostei tanto e tenho tenho muito orgulho no que ela fez ali e em ser amiga dela!)

Copiar nunca, receber inspiração sim e respeitar sempre

Já disse neste post que inspiração não é sinónimo de imitação. O trabalho exposto, da forma como o fazemos aqui, é fácil de ser copiado, mas por ser fruto de muito esforço e dedicação deve ser respeitado. Até porque do outro lado desta linha estamos nós a querer ser repeitados pelo mesmo trabalho também. Isto é senso comum e, acredito, parte muito da nossa conduta enquanto pessoas. A Joana Clara (às cavalitas do vento) falou sobre fotografia de instagram com a mesma honestidade e entusiasmo que mete em tudo o que faz. Também é por isso que gosto dela, é maravilhosa!

Escrever sem sentido

O workshop de Escrita Criativa foi dado pela Rita da Nova e a coisa que mais gosto nos workshops dela é a capacidade que ela tem de meter pessoas a escrever mesmo quando não estão confiantes que vá sair alguma coisa com pés e cabeça. O importante é que a folha não fica em branco. Aliás, a melhor maneira de desbloquear a escrita é precisamente escrever sem sentido. Mais uma vez, Rita, foi muito motivador!

A comparação é inimiga da criatividade. Foca-te.

Esta frase é da Sofia Castro Fernandes, do às nove no meu blog, a dona da Academia. Ela é uma diva da comunicação motivacional. Se soubermos separar aquilo que nos puxa para baixo daquilo que nos aumenta a energia é meio caminho andado para o sucesso. E que o sucesso seja o que nós quisermos como definição. Obrigada Sofia.

Partilhar sem medo.

O Bloggers Camp é uma mina de ideias.  “Podias fazer isto”. “Podias tentar aquilo”. “Porque é que não fazes assado?”. Partilhamos ideias e acrescentamos valor às ideias dos outros, não as roubamos. E isto é ouro neste mundo. Desenvolvemos ideias individuais e em conjunto. Sabem aquele empurrão que estamos mesmo a precisar para fazer qualquer coisa? Ali damos todos encontrões valentes uns aos outros.

Fazem-se amizades depois dos trinta

Se pensam que o vosso círculo de amigos está fechado, enganam-se. Sei bem a força que têm as amizades antigas  porque também as tenho. E sei o que significa afastarmo-nos de amigos por vias das circunstâncias normais da vida. Mas, agora, sei também que é possível fazer novos amigos em todas as fases da nossa vida. A Margarida, a Vânia, a Catarina, a Joana, a Filipa e a Xana são algumas das pessoas que me provam isso. A amizade tem muitas formas, muitas definições. Uma delas é ter a capacidade de despoletar o melhor de nós. A amizade depois dos trinta é diferente e quero muito escrever sobre isto em breve.

Catariana, uma das fundadoras do Bloggesrs camp (Joan of July), Margarida Pestana, Filipa Ferreira (4healthy pigs), Vânia Duarte (Lolly Taste) e Joana Clara (às cavalitas do vento). Fofografia cedida pela Margarida Pestana.
Conhece-te, testa o limite, sai da casca e permite a mudança.

É, parece fácil. Mas eu posso dizer isto. Porque eu própria, sendo uma pessoa comunicativa tenho muitas vezes as minhas azias más. Preciso muitas vezes de ir ao limite para me perceber. E estar sempre nisto é muito cansativo. Não me aguento a mim nem as minhas dúvidas. Mas depois, no fim da linha, permito-me sair da zona de conforto. O Bloggers Camp é um projecto que te dá muitas competências técnicas mas que te desenvolve muito pessoalmente. Ao mesmo tempo que nos guia, deixa-nos voar sozinhos, é um projecto com espaço para nos orgulharmos de nós próprios ao mesmo tempo em que sentimos que os outros ficam genuinamente felizes por nós.

Volta ao lugar onde foste feliz.

Voltei ao Bloggers Camp, por me sentir feliz e por sentir coisas positivas à minha volta e uma maior confiança em mim. Vou sempre voltar aos sítios onde me sentir capaz de criar, onde sentir que estou de forma inteira e completa com aquilo que eu sou. Vou sempre voltar aos sítios onde possa aprender, evoluir, crescer. Onde saiba e sinta que posso ser mais, que posso ser melhor.

Às grandes bloggers que criaram isto:

Um grande e sentido obrigada à Catarina (Joan of July), à Ana (Infinito mais um) e à Catarina (Daydreams) por um dia te lembrado de construir um evento onde se viva intensamente a felicidade de partilhar conhecimentos e amizades. Se agora andarmos todos feitos malucos, descabelados, a engendrar ideias e a criar coisas que nos façam evoluir, a culpa é vossa!

3 Comentários

  • Green
    13 Junho, 2018 20:31

    Pelo que descreves deve ser mesmo uma experiências fantástica. Talvez um dia eu experimente 🙂

  • Rosarinho e Susana
    14 Junho, 2018 7:10

    Querida Andreia!
    Adorámos o teu post e as frases que o pautaram! Por aqui também andámos em modo reflexão e agora já nos sentimos preparadas para nos sentarmos frente ao computador e debitar tudo o que nos vai na alma. O Bloggers Camp foi uma experiência brutal: pelo que aprendemos, pelas pessoas que conhecemos e reencontrámos, pela certeza de que é mesmo isto que queremos fazer, pelo espaço, pelos mimos que recebemos… Pela palavras e ideias que fomos trocando contigo ao longo dos dois dias de evento. Valeu tanto a pena! Beijinhos

  • Vânia Duarte
    14 Junho, 2018 11:37

    opa ler este teu post é voar automaticamente para o Bloggers Camp sem sair do lugar. Tão mas tão bom viajar através do teu olhar e da forma única como só tu sabes escrever. Eu disse e volto a dizer que para mim tens umas das vozes digitais mais bem definidas que existem e tenho um orgulho tremendo em ver-te tornar na grande blogger que és, porque como amiga já não há muito a dizer. Gosto de ti e ponto 🙂

Deixe uma resposta