Blogging for a cause em 5 palavras

Blogging for a cause em 5 palavras

O Blogging for a cause está de volta. E esta segunda edição traz muitas surpresas e está a ser preparada com grande carinho. Temas actuais e pertinentes. Oradores especiais. Parceiros que acreditam no poder da influência positiva dos blogs. Mas uma coisa permanece igual. A essência do projecto continua a mesma: sermos solidários. 

Antes de escrever este post fui reler o que escrevi o ano passado quando anunciei o projecto. Estava muito feliz ao escrevê-lo e acho que se notou. Nesse texto expliquei como nasceu o Blogging for a cause, o que era, o que ia acontecer e confessei-vos que sempre quis criar alguma coisa, assim de raiz. Meses depois escrevi outro texto, onde vos contei como é que uma ideia que saiu da cabeça de cinco bloggers se tornou realidade e como é que tudo correu. Hoje estou aqui para vos falar da segunda edição.

O Blogging for a cause continua a ter a mesma essência e a reger-se pelos mesmos valores. Trata-se de um evento 100% solidário. Eu, a Joana, a Helena, a Vânia e a Catarina não gastamos um euro a organizá-lo. Fazemos questão que assim seja porque achamos que só assim faz sentido. Os oradores doam o seu conhecimento (com temas que tentamos, entre todos, que sejam o mais actuais e apelativos possíveis), o espaço é cedido, o lanche também e várias marcam unem-se a nós como parceiras. O único lucro é proveniente da venda de bilhetes e reverte na totalidade para cinco causas sociais. Basicamente é isto, mas resolvi explicar-vos, hoje, o Blogging for a cause em cinco palavras.

Partilha

Tal como nos blogs, o Blogging for a cause é partilha. Já me terão ouvido dizer, ou lido por aqui, que os blogs, para mim, são partilha. Aquilo que aqui escrevo todos os dias é partilha. Aquilo que construí, com estas pessoas que partilham este projecto comigo, tem como base a partilha. O Blogging for a cause é partilha entre nós, entre quem acredita em nós e entre quem lá está naquele dia. As ligações que se criam, em cada momento destes, são partilha.

Aprendizagem

  • O tempo que dedicamos, cada uma de nós, organizadoras, a este projecto faz-nos aprender muito. É muito difícil organizar um evento do princípio ao fim. Há muitas preocupações. Muita coisa para fazer. Mas no, final daquele dia, onde tudo acontece, sentimos que aprendemos uma data de coisas e ficamos tão felizes por isso, que é incrível. Aprendemos a ser melhores pessoas.
  • Quem se inscrever e estiver presente aprende mais do que sobre os assuntos abordados. Aprende sobre si mesmo. Aprende sobre os outros. E isso acontece ao mesmo tempo que sabe que o dinheiro que investiu vai ajudar cinco causas.
  • As palestras/workshops/talks em que os oradores vão falar de temas actuais e pertinentes fazem-nos aprender algo. Este ano, o Guilherme Fonseca vai dedicar uma hora a humor e criatividade para nos deixar a todos bem dispostos. A Ana Milhazes vai falar de sustentabilidade e lixo zero.A apresentadora Fátima Lopes terá uma talk chamada “atreve-te” onde irá abordar o atrevimento no sentido de sairmos da zona de conforto, dizermos que não e seguirmos os sonhos. A Susana Rodrigues, a Cláudia Fonseca, e a Eunice Maia vão estar juntas num painel sobre empreendedorismo onde nos vão contar o seu caminho até à criação do próprio negócio, respetivamente a Bless Woman, o Officinalis e a Maria Granel. E a Sofia, do às nove no meu blog, vai falar sobre positividade na nossa vida.

Confiança

O Blogging for a cause é confiança porque acreditamos nisto do princípio ao fim. E porque as pessoas acreditam em nós quando se inscrevem e nos abraçam quando o evento acaba. O Blogging for a cause é confiança porque acreditamos, todos os que lá estamos naquele dia, que o que estamos a fazer é ser melhores.

Diferença

É um projecto diferente dos outros. Desculpem a confiança (que vem da alínea anterior) mas é diferente pela premissa na qual assenta que é ser totalmente solidário e ser construído sem gastar dinheiro. Os oradores sabem que não vão ser pagos quando aceitam. O local é oferecido. As marcas sabem que estão a doar. As associações estão presentes para receber o dinheiro e provar toda a transparência deste projecto. É diferente também pelos conteúdos que oferece, que são construídos a pensar no momento actual em que vivemos.

É diferente porque pretendemos usar a influência, que dizem que os blogs têm, para fazer alguma coisa boa. Queremos usar os blogs para provocar acções positivas. Queremos aliar os blogs à sociedade e provar que podemos fazer mais. E é diferente porque leva os blogs um bocadinho para fora do digital…leva-os para a “vida real”.

Solidariedade

O Blogging for a cause assenta em valores solidários. Temos isso como uma base sólida. É tudo doado neste projecto, como já expliquei. Somos cinco organizadoras e cada uma de nós escolhe uma causa para beneficiar dos lucros. Temos em comum esta vontade de ajudar, mas somos pessoas diferentes e como tal acreditamos que nenhuma causa vale mais que outra. Por isso escolhemos associações que têm valências diferentes na sociedade. Este ano vamos ajudar o Projecto bebé e criança feliz, o Ninho, a Bigodes fofos, o Grupo Lobo e a Plantar uma árvore.

Venham ter connosco. Venham fazer parte deste dia. Venham dedicar um dia inteiro a vocês próprios e aprender ao mesmo tempo que ajudam cinco causas. O evento realiza-se no dia 1 de dezembro, no espaço Red Apple, no Parque das Nações. Podem saber tudo no nosso site, no facebook ou no instagram. O bilhete custa 60 euros e pode ser comprado através do mail hello@bloggingforacause.pt

Encontramo-nos lá?

3 Comentários

  • Green
    29 Outubro, 2018 13:30

    Deve ser mesmo um evento muito giros, parabéns 🙂

  • Catarina (Joan of July)
    29 Outubro, 2018 17:13

    Tão bom estar a fazer isto acontecer novamente contigo e com as nossas partners in crime! Estou super pronta para esta 2ª edição! 😀

  • Daniela Soares
    29 Outubro, 2018 21:21

    Acho que estas palavras descrevem este evento na perfeição.:) Estou super entusiasmada para este ano e só vos posso dar os parabéns e agradecer.:D

    Another Lovely Blog!, https://letrad.blogspot.com/

Deixe uma resposta