Completa a frase

Completa a frase

O desafio “completa a frase” é muito usado em questionários. Este que eu respondi tem coisas perfeitamente aleatórias mas serve para me conhecerem um pouco melhor.

Trouxe esta TAG do blog da Green land porque ela disse que podia e eu acho interessante e engraçado de vez em quando responder a algumas perguntas sobre mim com assuntos que nem eu estou à espera. No desafio “completa a frase” reparei que tenho algumas respostas em comum com ela e por isso é que este é um tipo de post que eu gosto de ver noutros blogs porque nos conseguimos identificar com quem está do outro lado. Tentei responder a primeira coisa que me surgiu na cabeça para que assim a coisa fosse mais espontânea e verdadeira.

Desafio “completa a frase”:

Sou muito… indecisa. Tão indecisa que fiquei na dúvida se escrevia isto aqui.

Não suporto… queijo. Epah nem o cheiro.

Eu nunca… fumei. Não sei porquê mas nunca tive aquele chamamento para experimentar e achava que os outros o faziam porque queriam ser cool aos olhos uns dos outros e eu era a fixe porque não era influenciável.

Eu já…saí da minha zona de conforto.

Quando era criança… brincava aos cabeleireiros e aos professores e adorava pintar.

Neste exacto momento...tenho fome.

Eu morro de medo de… cães. E não sinto a mesma compreensão quando eu digo que tenho medo de cães que existe para com as pessoas que têm medo de baratas. Por isso nunca falo disto.

Eu sempre gostei…de escrever. (E de cantar. Trancava-me no quarto e dava shows).

Se eu pudesse… despedia-me e ia viagem de autocaravana, sem preocupações, como os surfistas.

Fico feliz… quando tenho um livro novo.

Se pudesse voltar no tempo…revivia um dia feliz em viagem. No interrail, no por exemplo, ou numa praia da Tailândia.

Adoro… praia.

Eu preciso de…tempo

Não gosto de ir… a sítios onde não sei o caminho e tenho que ir a conduzir. E não, o GPS não me ajuda grande coisa.

Têm algumas destas coisas em comum comigo? Querem responder também?

8 Comentários

  • Green
    16 Outubro, 2018 12:22

    Gostei das tuas respostas 🙂
    Temos coisas em comum, eu também morro de medo de cães, e também evito falar nisso pois as pessoas normalmente não entendem. Já me disseram coisas como “se mostrares medo é pior”, como se fosse possível disfarçar a coisa.

    • Andreia Moita
      18 Outubro, 2018 11:24

      Sim, já tinha visto pelas tuas respostas que mesmo as mais espontâneas seriam parecidas com as minhas.
      Opah, sim… não é possível disfarçar o medo, às vezes tento, mas algo me denuncia!

  • Clayci Oliveira
    17 Outubro, 2018 0:39

    Gostei dessa tag <3
    Eu já amo queijo hauhauhauhauhauha se deixar eu como todo dia.
    Tbm sou um pouquinho indecisa, às vezes fico até com raiva por demorar tanto para tomar uma decisão rs

    Beijos

    • Andreia Moita
      18 Outubro, 2018 11:23

      Sim, compreendo a sensação de ficar com raiva quanto à indecisão. É que apesar de ser uma coisa que não se controla, irrita bastante e exige um esforço grande para contornar.

  • Rititi
    17 Outubro, 2018 10:30

    Gostei desta TAG e vou já roubar ahahha! Fiquei a pensar se irias ter medo do Kazaar, depois de conviveres um bocadinho com ele…

    beijinho *

    • Andreia Moita
      18 Outubro, 2018 11:22

      Eu acompanho-te nas tuas aventuras com ele. E acho bonito o vosso amor. Mas…muitos “mas” quanto a mim, ao meu comportamento e as minhas reações perto dele, ai, ai, ai.

  • Daniela Soares
    18 Outubro, 2018 21:40

    Sempre tive essa opinião em relação a fumar e também já tive uma relação menos boa com cães, mas que entretanto melhorou.:p

    Another Lovely Blog!, https://letrad.blogspot.com/

    • Andreia Moita
      19 Outubro, 2018 11:47

      Se quiseres leva a tag para vermos as tuas respostas ehehe 🙂 Beijinhos

Deixe uma resposta