Projecto solidário Bebé e criança feliz

Projecto solidário Bebé e criança feliz

No Blogging for a cause somos cinco organizadoras. A base deste evento é que todos os lucros (vindos através da venda de bilhetes) revertem, na íntegra, para cinco causas sociais. Eu escolhi o Projecto solidário bebé e criança feliz. Hoje venho falar-vos deste projecto e do modo como fiz a minha escolha.

Acreditamos que nenhuma causa é maior, melhor ou mais importante do que outra. E é por isso que optamos por doar dinheiro a cinco instituições, uma por cada uma de nós. Somos pessoas diferentes e apesar deste interesse em comum, identificamo-nos com causas diferentes.

O ano passado escolhi a Make-a-wish porque me sinto ligada a causas relacionadas com crianças. Este ano havia uma vontade grande de todas que a ajuda revertesse para causas ditas mais pequenas ou menos conhecidas. Uma coisa local, estão ver? E um dia, enquanto fazia as minhas compras num supermercado e vi umas senhoras pediram-me ajuda para o seu projecto entregando-me um papel com o descritivo. Fiquei a pensar naquilo e deu-se o “click”. Pedi algumas informações e foi nessa altura que escolhi o Projecto solidário bebé e criança feliz.

Às vezes pensamos que vivemos no mundo perfeito. Porque não vemos miséria à nossa volta. Porque na rua onde vivemos não há nenhum sem abrigo. Porque não vems ninguém a passar fome. Mas a verdade é que não sabemos se o nosso vizinho passa dificuldades. Foi assim que eu soube que queria ajudar uma associação local, mais perto de mim, que precisasse muito do dinheiro para algo em particular.

O projecto solidário bebé e criança feliz acredita no verdadeiro poder e significado da solidariedade

Fui conhecer a Sónia Bernardo, a mentora, criadora e maior entusiasta e impulsionadora deste projecto. Vi uma mulher corajosa, sabem? Vi uma mulher lutadora. Porque só com muita coragem e luta se consegue ultrapassar as dificuldades da sua própria vida e ainda ajudar a ultrapassar as dos outros.

O projecto bebé e criança feliz nasceu de uma necessidade da própria Sónia. Após o nascimento do seu filho precisava de ajuda e criou um grupo pequeno de mães que trocavam as roupas dos pequenos que já não serviam. Com isto a coisa alargou-se e nasceu este projecto que é alimentado exclusivamente pelas mãos de voluntários, sem ajudas!

O trabalho dos voluntários deste projecto é amor

A missão do projecto solidário bebé e criança feliz é fazer chegar ajuda em roupas, alimentação, brinquedos e outros bens materiais (nunca dinheiro) a famílias carenciadas ou desempregadas de longa duração. Os casos que surgem são avaliados por um grupo de voluntários e são eles os responsáveis pelas entregas/ajudas de  cabazes de alimentos e outros produtos (angariados através da ajuda de pessoas).

Neste momento, a maior dificuldade é pagar o espaço onde guardam todas estas coisas que as pessoas doam. Nem a Câmara, nem a Junta, nem ninguém lhes cedeu um espaço. O sítio onde estão neste momento guardadas estas coisas e onde a Sónia recebe as famílias é uma espécie de loja sem condições, sem luz, sem água e com bastante frio. E é pago por ela e pelos outros voluntários. Manter o projecto de pé depende da manutenção deste espaço porque se não não como guardar as coisas. E é aqui que o dinheiro angariado pelo Blogging for a cause os poderá ajudar.

Fui ter com a Sónia a este espaço que mantém com muito esforço pessoal. E no decorrer da nossa conversa o telemóvel dela não parou de tocar com pedidos. É assim, todos os dias. Uma senhora que vinha das compras espreitou e perguntou se precisam de ajuda. Outra senhora apareceu para comprar alguma roupas que estavam divididas por género e tamanho, dispostas em cima de mesas. Cada peça custa dois euros, para ajudar a pagar o espaço, se não forem inscritos. Se tiverem a inscrição feita e toda a documentação em dia quer dizer que fazem parte do projecto como família inscrita e podem ir buscar qualquer coisa sem pagar nada. É a Sónia e os outros voluntários que separam caixote a caixote e verificam o estado em que as peças vêm.

Como é visto o acto de “ajudar” hoje em dia

É preciso refletir um pouco sobre o que significam as palavras solidariedade e ajudar. E entender o conceito de ser voluntário. Primeiro…Ser solidário e ajudar alguém não é despejar os restos da nossa casa quando arrumamos o armário. Isto é muito duro de dizer, mas é necessário, até porque hoje em dia há muita desconfiança das pessoas, o que é normal face às notícias que vamos vendo.

Segundo… o acto de pedir ajuda também precisa de ser encarado de outra maneira. O projecto solidário bebé e criança feliz tem uma característica que admiro muito. Verificam as condições das pessoas que lhes pedem ajuda. Infelizmente há muitas pessoas que abusam da ajuda que lhes é dada quando há outras realmente a precisar e com vergonha de pedir. A Sónia disse-me que alimenta bocas com este projecto, não alimenta vícios. E isto é tão crú que me transmitiu muita verdade e transparência.

A base da solidariedade deve ser o respeito. Porque o voluntariado merece respeito. Porque quem dedica o seu tempo a ajudar merece respeito. E porque quem precisa de ajuda merece respeito.

O projecto soliário bebé e criança feliz foi a causa que decidi ajudar no Blogging for a cause este ano. Se quiserem apadrinhar o projecto é só falarem com eles através da página de facebook. Se quiserem assistir a um dia de palestras incríveis no Blogging for a cause podem saber tudo no nosso site (inscrições para hello@bloggingforacause). O bilhete custa 60€ e reverte na íntegra para esta e para outras quatro causas sociais.

1 Comente

  • Green
    2 Novembro, 2018 12:59

    Nunca ouvi falar claro, sendo algo pequeno e na zona de Lisboa é natural, mas acho que fizeste uma ótima escolha e espero que consigas ajudá-los da melhor forma.

Deixe uma resposta