Home Sweet Home # 26

Home Sweet Home # 26

Nesta casa passam-se coisas de uma dimensão extraordinária. Conforme vos tenho contado por aqui, há episódios que penso que só se passam mesmo cá em casa. Talvez seja impressão minha e nas vossas casas também se passem coisas deste género. Acredito que todos nós temos as nossas peripécias. Hoje venho falar-vos sobre a importância de dormir.

É costume eu vos falar aqui de coisas tão normais como o nosso dia das limpezas ou a forma como fazemos compras. Mas não pensem que cá em casa só se trabalha. Também falamos muito. E não só sobre as contas para pagar, o último grito em aspiradores ou a arte de fazer sopa. Não, aqui em casa debatemos assuntos da máxima importância para a humanidade. Assuntos profundos, filosóficos até.

Vejam bem a qualidade da desta conversa que decorreu um dia destes já com os dois seres moradores desta casa quase a adormecer. Não é raro apetecer-nos ter conversas sobre o sentido da vida quando estamos a adormecer. Não somos nós que estamos a falar, é o sono, o que torna tudo bastante mais interessante.

A importância de dormir

– Já pensaste que quando estamos a dormir não damos pelo tempo a passar?

– Ah? Como é que é?

– Quer dizer… durante o dia trabalhamos oito horas e estamos sempre a contar os segundos. À noite dormimos outra vez oito horas e não nos apercebemos desse tempo. Não acontece nada nesse tempo. Não sabemos o que estivemos a fazer. Só te lembras de fechar os olhos e de acordar no outro dia.

Não sei o que aconteceu depois disto. Porque entretanto adormecemos, como seria de esperar. Mas de facto, é isto. Todos sabemos da importância de dormir e eu adoro. Respeito totalmente as horas de sono e fico (ainda mais) insuportável se não dormir. Por mim até acho que devíamos dormir uma sesta a meio da tarde, assim depois de almoço, para assentar as ideias e depois seriamos muito mais produtivos e alegres, mas ele não. Ele acha que dormir é uma perda de tempo. Que podíamos fazer coisas muito mais interessantes durante essas horas. Ele não vê necessidade de termos tantas horas no nosso dia em que nem sequer nos lembramos do que estivemos a fazer. Ele não se lembra dos sonhos. E isso é triste. Eu lembro-me. E às vezes até queria dormir mais um bocadinho para saber como acaba aquela história afinal, mas isso nunca funciona.

E vocês? São do team que quanto mais dormir melhor? Ou concordam com ele e acham isso uma perda de tempo? (A sério, não me enervem e não se venham por aqui do lado dele! Vocês durmam!)

2 Comentários

  • Green
    1 Fevereiro, 2018 21:51

    Eu adoro dormir e por mim é essencial, também me acontece isso com os sonhos, quando a coisa está interessante, acordo! Mas bem, concordo contigo, cesta depois da hora do almoço era o ideal 🙂

    • Andreia Moita
      13 Fevereiro, 2018 15:30

      Dormir é essencial, ahaha! Gosto de aproveitar os dias, sim gosto, mas dormir? Não me tirem esse prazer ehehe!

Deixe uma resposta