gerir expectativas

Gerir expectativas

Sabem qual é a importância de gerir expectativas? É garantir que não nos desiludimos e que conseguimos formular as opiniões pela nossa própria cabeça. Criamos expectativas em relação a tudo. A pessoas, a momentos, a comida, a livros, a filmes, a viagens. Esperamos sempre que seja o melhor. Porque temos esperança. Eu,
cádiz roteiro

Cádiz: Roteiro de quatro dias

Com todas as restrições que existem para viajar (ainda) o ano passado não fizemos nenhuma viagem e este ano estavamos demasiado saudosos (ou ressacados). Por isso decidimo-nos pelo sul de Espanha. Mais precisamente, pensamos em conhecer a zona de Cádiz. Já íamos estar pelo Algarve uma semana e assim sendo, este destino
Sobre o nosso corpo

Sobre o nosso corpo

Porque é que tudo o que é sobre o nosso corpo é sempre tão difícil? O livro “De olho nela” Para mim um dos momentos chave deste livro foi quando começam a sair nas revistas artigos de opinião que dizem que o facto de Bea (uma modelo XL) ser a personagem principal
férias grandes

Férias grandes

As férias grandes hoje são um bocadinho mais pequenas do que as férias grandes de antigamente, não é? Mas nem por isso deixo de tentar enfiar em duas semanas as coisas que queria fazer em três meses. As férias grandes de ontem Quando as férias grandes tinham três meses eu brincava com
os sete maridos de Evelyn Hugo

Os sete maridos de Evelyn Hugo | Book review

Evitei ler ” Os sete maridos de Evelyn Hugo” durante algum tempo por dois motivos. Primeiro porque todas as reviews que eu via eram boas. (E isso é mau? Sim, porque eu ia elevar as expectativas irremediavelmente.) O segundo motivo é porque achei que não era a minha praia. Enganei-me em ambos.
Salema eco camp

Salema Eco Camp: dormir, comer e nadar

Escolhemos o Salema Eco Camp para passar uns dias em Julho. E que experiência bonita e saborosa que foi. Ah, não estão a entender esta escolha de palavras? Como é que um alojamento pode ser bonito, saboroso e ainda ser classificado de experiência. não é? Vocês já devem saber que eu sou
ser millennial hoje

Ser millennial hoje

Ser millennial hoje é ser “cringe”, mas que raio?! Os mais novos têm sempre um gostinho especial em “gozar” com as coisas dos mais velhos. Eu sei, já o fiz. Ainda o faço! Só que até há pouco tempo era eu que fazia parte “dos mais novos” e agora já tenho duas
os dramas das pessoas que adoram livros

Os dramas das pessoas que adoram ler

Os dramas das pessoas que adoram ler só são compreendidos precisamente por quem lê. Para quem não liga não passam de preocupações parvas e muitas vezes sentido. Eu cá acho que cada maluco deve ter a sua maluquice. Portanto, como eu me assumo meio doida, passo grande parte do meu tempo a