Podcast: o que ando a ouvir

Podcast: o que ando a ouvir

Quando estudei jornalismo, há cerca de uma década atrás, (e não vamos prolongar esta conversa dos anos que passam) tinha de escolher deixar de fora uma entre escrita, rádio, televisão e digital. E se havia uma que tinha total certeza que nunca ia deixar para trás, tive, nas outras, algumas dúvidas. É daquela que não escolhi que vos venho falar hoje. Não escolhi rádio, mas cheguei a  experimentar fazer podcast.

Eu sempre quis escrever num jornal. A verdade é essa. Portanto as aulas de imprensa escrita eram sempre a minha primeira opção. Fiz um estágio num jornal, e gostei imenso da experiência, quando terminei a licenciatura. Depois, quanto às outras três eu não tinha certezas nenhumas. E deixei de fora a rádio. Escolhi televisão porque era uma coisa que tinha vontade de aprender mas da qual não tinha nenhuma noção. Dá-se o caso de ser onde trabalho, actualmente, ironias da vida. Depois escolhi estudar também tudo o que tinha a ver com o digital, que na altura era meio novidade para mim. E olhem, hoje tenho um blog.

A única coisa que não escolhi, portanto, foi rádio. Talvez tenha sido um erro, não sei bem. Mas não deixei de preencher esta lacuna na minha vida de estudante. Assim que abriu uma cadeira nova sobre podcasts eu soube que era a minha oportunidade de experimentar a coisa. E assim fiz. Na altura tinha uma plataforma onde falava dos monumentos de Portugal, que sempre gostei de visitar. Todos os sítios incríveis de Sintra, as maravilhas de Belém, essas coisas! Na altura pareceu-me bem e gostei muito de fazer, mas depois esqueci o assunto.

No final do ano passado comecei a ouvir podcasts e descobri as maravilhas desta forma de comunicar. Eu adoro ouvir rádio, atenção. Acho que é um trabalho fascinante. O podcast acaba por ser uma nova forma de fazer rádio. Sei que existem uma série de podcasts interessantes por aí e por isso venho de uma forma simples falar-vos daqueles que tenho ouvido nos últimos tempos.

Podcast “Officinalis”, da Cláudia Fonseca

Este podcast foi o primeiro que comecei a ouvir. A Cláudia combina o podcast com o blog Officinalis onde nos fala de como viver uma vida mais saudável, consciente e feliz. Os temas mais recorrentes por lá são as viagens, o minimalismo, o zero desperdício, a nutrição, amor próprio, formas de melhor lidar connosco próprios mentalmente e fisicamente. Pode ser em formato conversa ou até mesmo ter pessoas em entrevista.

Gosto especialmente de ouvir a Cláudia porque além de me começar a interessar cada vez mais pelos temas que ela aborda gosto da sua voz calmante. Comecei a ouvir os podcasts sempre de manhã, enquanto preparo o pequeno-almoço e depois o tomo. Todas as segundas ela tem uma coisinha nova para nos acompanhar.

BookCast, da Helena Magalhães e da Paula Cordeiro

Ah, este podcast é diferente. É sobre livros. E é feito por duas pessoas, a Helena Magalhães e a Paula Cordeiro, do blog Urbanista. Funciona como uma conversa entre amigas que partilham os livros que leram. É muito descontraído porque elas não estão ali com rodeios nem com vozes super colocadas, estão a conversar. Gosto imenso de ouvir a qualquer altura do dia. São episódios pequenos em que tiro muitas ideias sobre livros novos, que não conheço, ou onde recordo livros que já li. Sabe tão bem ouvir falar de livros como lê-los e esta ideia delas é bonita e merece aplausos e ouvintes!

Podcast “Experiências Estereofónicas” do Pum Pum

Este podcast é parte integrante do blog Pum Pum e comecei a ouvir aquando da entrevista de uma pessoa que gosto muito que é a Vânia Duarte do Lolly Taste, minha companheira do projecto Páginas Salteadas e do evento Blogging for a cause, que também eu já entrevistei aqui no blog. Depois disso ouvi também a minha querida Raquel, do blog Kéké e da empresa Right Buddy da qual já falei aqui, e a Filipa Maia do Deixa Ser.

É isso mesmo, o Experiências Estereofónicas é composto por entrevistas e é um espaço onde as pessoas falam essencialmente dos seus projectos. Ah e tem uma coisa que muito admiro na condução das suas entrevista, tem sentido de humor.

 

E vocês, que coisas andam a ouvir? O que é que estou a perder ao nível do podcast? Inspirem-e e inspirem-me nesta quinta-feira!

6 Comentários

  • Green
    22 Fevereiro, 2018 12:17

    Não ouço muitos, confesso, nem tenho nenhum que siga religiosamente, mas gostei imenso deste teu post, a verdade é que fico sempre a conhecer coisas novas que são, sem dúvida, interessantes 🙂

  • PUMPUM
    22 Fevereiro, 2018 17:54

    Olá andreia! 🙂 Não fazia ideia que o meu podcast fazia parte da tua playlist. Aproveito para te convidar para um novo episódio.

    PUMPUM

    • Andreia Moita
      23 Fevereiro, 2018 11:20

      Está aceite. Vamos a isso.

  • Miss DeBlogger
    22 Fevereiro, 2018 22:43

    Quando estou no “mood” de ouvir música dou sempre preferência à rádio porque no meio há aquela conversa em tempo real que torna a experiência dinâmica. Não costumo estar atenta aos Podcasts, mas o Bookcast pareceu-me interessante 🙂

    O meu blog: http://missdeblogger.blogspot.pt

    • Andreia Moita
      23 Fevereiro, 2018 11:21

      Se gostas de ler vais gostar do bookcast. Bjs

  • LucieLu
    23 Fevereiro, 2018 0:25

    Os meus dois de eleição do da Oprah: Super Soul Sunday e do Lewis Howes: School of Greatness. Também oiço o Officionalis da Cláudia, um sobre design (em brasileiro) e ainda a Magic Lesson da Elisabeth Gilbert, a autora de Big Magic.
    Não é perfeito mas é o possível.
    Tenho que ouvir o da Helena e dar outra oportunidade ao Pum Pum… não fiquei fã.

Deixe uma resposta