corona virus e isolamento

No princípio não liguei. Confesso que não. Nunca imaginei que a situação se pusesse como está. Passei de um estado de não querer crer para me assustar com o que se está a passar. O Corona Vírus fez-me mudar de opinião tão rápido como se propagou. E não sendo alarmista, é meio assustador o que se passa!

Quando deixei de trabalhar em televisão passei a ver muito menos telejornais, por opção. Como se me quisesse afastar. O Corona Vírus fez-me fazer refresh nas páginas online e voltar a querer ver novamente, pelo menos, as notícias de abertura dos telejornais. E comecei a perceber que o que se passa é uma coisa nunca antes vista. Eu não tenho memória de nada assim. 

A sociedade que é do oito ao oitenta

Isto parece-me surreal. Aquilo que o Corona Vírus nos trouxe parece-me um cenário daquelas séries que vemos na Netflix. Em que toda a gente está doida a comprar coisas para se fechar em casa. Ah, mas esperem, as pessoas compram feitas parvas, mas não é para ficar em casa… é para ir para a praia de geleira cheia ou para a esplanada! E mais…as pessoas vão para as lojas. A sério que não percebo a ideia/necessidade das pessoas que andam a comprar roupa e ainda gozam… que agora é que se anda bem nas lojas… Por amor da santa, tenham juízo. Vão comprar roupa nova para quê?

De facto não entendo esta sociedade que num dia é capaz de fazer filas nos supermercados, farmácias, lojas de roupa e apanhar sol na praia (depois de ter sido declarada uma pandemia a nível mundial) e no outro vai para a janela bater palmas e homenagear os profissionais de saúde. Somos mesmo capazes do oito e do oitenta!

E quem são essas pessoas? É que elas nunca aparecem. Só vejo gente a dizer que não concorda com nada disto e a repugnar estes actos da sociedade em que vivemos. Não vejo ninguém a assumir que comprou cinquenta quilos de carne, 147 latas de atum (quantas comidas com atum vão conseguir fazer, é um concurso?) e 200 rolos de papel higiénico. É que parece que agora não foi ninguém!

Também me irrita um pouco quem não acha piada a isto de ter que estar em casa. Como assim não querem estar em casa? Não sabem o que fazer com o tempo que estão sempre a dizer que não têm, é isso? Compreendo no caso das crianças que seja bem difícil de as manter sossegadas. Isso sim, percebo.

Eu fico em casa

Eu vou ficar em casa, mas em regime de teletrabalho. Portanto não vou ficar com tempo para ver séries, ler livros, jogar às cartas, fazer receitas, arrumar gavetas, mudar os móveis de sítios porque efetivamente vou usar as mesmas oito horas do dia para trabalhar para a minha empresa que teve a digna atitude de nos deixar trabalhar em casa pelo bem dos seus trabalhadores e com confiança neles para que a produtividade não quebre.

Vou ganhar duas horas por dia que costumava gastar em deslocações.Isso vou. Com elas vou aproveitar para ler, escrever no blog ou estudar marketing ou outra coisa qualquer, mas vou aproveitar para produzir algo. Não me vou queixar por isso. Queixar-se podem aqueles que efetivamente não podem cumprir o isolamento para se protegerem e têm que continuar a atender pessoas que acham conveniente comprar mais uma camisola. Já pensaram nessas pessoas?

O Corona Vírus não me vai mudar as rotinas, mesmo em casa. Teimosa sou eu!

Aqui por casa vamos fazer com que as rotinas se mantenham . De manhã não vou fazer a cama, como não faço em qualquer outro dia. As marmitas estão prontas para que eu chegue à cozinha e serem aquecidas no microondas, na hora de almoço, tal como faço no trabalho todos os dias. E ao final do dia posso fazer exercício como já fiz em casa tantas outras vezes em que me apeteceu baldar ao ginásio.

Costumo ficar bastante chateada (e histérica até) quando os meus planos saem furados. Detesto não ter controlo sobre a minha vida. A verdade é que tinha viagens marcadas para os próximos tempos que provavelmente não vão acontecer por causa do Corona Vírus. Já me chateei. Já tive vontade de chorar e de espernear. Mas não ajudou. Não me parece que se a situação continuar assim seja seguro sair daqui. Aliás acho que não é boa altura para ninguém entrar e sair de países porque assim não conseguimos controlar nem a nossa vida, nem a de ninguém.

Acalmei-me e percebi que vou continuar a fazer planos porque é assim que vivo. E que as viagens serão remarcadas para outra altura, ainda que possa vir a perder dinheiro. Mas não posso fazer nada. Mas posso controlar o que vou fazer aqui em casa para minimizar o efeito disto tudo na minha vida. A começar, exatamente por ficar em casa!

Como é que vocês estão a viver esta nova realidade por causa do Corona Vírus? Porque realmente isto é uma nova forma de viver que não sabemos até quando vai durar.