melhores sagas de livros

As melhores sagas de livros são aquelas que nos fazem esperar para saber a continuação e mesmo assim nos mantêm entusiasmados e fieis. Eu gosto de trilogias, sagas e coleções porque nos deixam “dentro” da história mais tempo. Muitas vezes, até, anos.

Ainda me lembro de ser adolescente e esperar ansiosamente pelos lançamentos de Harry Potter e pedir aos meus pais para me comprarem logo no dia seguinte. E quando descobrimos que um livro que gostamos muito afinal tem continuação? Aconteceu-me com “Mulherzinhas“, que li em miúda e só descobri a existência de “Boas Esposas” há pouco tempo.

Vou deixar aqui a minha lista de melhores sagas de livros. São histórias diferentes e por isso acredito que dê para todos os gostos.

Trilogia Langani

A trilogia Langani é constituída por “Irmãs de Sangue”, “Fogo Eterno” e “Luz Efémera”. As amigas Hannah, Sarah e Camilla são de meios sociais diferentes e conhecem-se no Quénia, nos anos 50.

É diante das paisagens exóticas de África, com a herdade Langani como pano de fundo, que vamos conhecer cada uma delas e acompanhar o seu crescimento e amizade.

Ao longo dos três livros conhecemos cada uma delas e as suas virtudes e dramas. Acompanhamos os seus amores, casamentos e nascimento. Os anos vão passando e pondo à prova tanto a parte pessoal de cada uma delas como as ligações familiares. É uma história muito bonita e intensa que se passa num contexto bastante diferente daquele que conhecemos. Quem gosta de histórias no feminino, deve apostar neste mundo e conhecer estas três mulheres de fibra.

Trilogia Jogos da Fome

Quando li o primeiro volume de “Jogos da fome” adorei de imediato a história. Depois surgiu o filme e fiquei ainda mais impressionada. Talvez até mesmo um pouco viciada, vá. É das melhores sagas de livros.

Um regime totalitário organiza os chamados Jogos da Fome em que uma pessoa de cada distrito é obrigada a entrar numa arena sendo concorrentes de uma espécie de reality show. 12 pessoas lutam entre si e com os vários perigos que lhe aparecem à frente para sobreviver. Os jogos podem durar um dia ou vários anos porque… o objetivo é que apenas um sobreviva no final. Ao longo de “Jogos da Fome”, “A revolta” e “Em chamas” conhecemos Katniss e Peeta (um amorzinho) como personagens principais e são eles o motor da história.

Não sei se sabem mas foi recentemente lançado um novo livro, mas em vez de ser a continuação é uma história que antecede esta que conhecemos. Conta a história de Snow, o vilão.

Saga Millennium

“Os homens que odeiam as mulheres” é um livro extremamente cru. Talvez cruel e muito pormenorizado. Bem escrito e complemente diferente do que tudo o que li.

O jornalista Mickael é contratado para escrever a biografia de uma família, mas a sua verdadeira missão é outra: Investigar um desaparecimento. Para isso recorre à ajuda de uma hacker, Lisbeth, uma mulher muito inteligente porém estranha. O que descobrem juntos é uma história violenta e desumana.

“A rapariga que sonhava com uma lata de gasolina e um fósforo” e “A rainha do palácio das correntes de ar” são os livros seguintes da saga Millennium e tornam Lisbeth o centro da trama: vai ser acusada de um crime e conta com o jornalista para a ajudar.

Após estes três livros o autor, Stieg Larsson faleceu. Mas a saga continuou pelas mãos de David Lagergrantz. Eu acabei por não terminar de ler a história, alguém sabe se vale a pena?

Trilogia Três Irmãs

Houve uma altura em que eu lia muito Nora Roberts e adorava. Daí ter decidido colocar a trilogia das três irmãs na categoria das melhores sagas de livros. Penso que esta história não é muito conhecida, mas corrijam-me se estiver enganada. Esta trilogia conta a história três mulheres (uma em cada livro) que se conhecem numa ilha e, não tendo nenhum parentesco entre si,descobrem ter muito a ver umas com as outras.

O primeiro livro é “A ilha das três irmãs” dá-nos a conhecer Nell que foge de um marido violento. O segundo “Entre o céu e a terra” apresenta-nos Ripley, a ajudante do xerife na ilha. E o terceiro volume chama-se “A cor do fogo” e mostra-nos Mia, a mais mistica das três e a minha preferida.

São livros complementares pois as três personagens aparecem em todos os livros, no entanto podem ser lidos em separado.

Saga Harry Potter

Falar sobre as melhores sagas de livros sem mencionar era Harry Potter não é possível para mim, porque sou a maior fã.

Harry Potter acompanhou a minha infância e adolescência. O universo da magia é absolutamente inspirador para qualquer escritor e funciona muito bem sempre! Mas aqui é um bocadinho mais do que isso. Há uma intriga, uma trama, uma construção de personagens muito bem feita, um mundo à parte que foi criado e hoje em dia “vivido” ainda por muita gente. E mais. É inegável as lições que aprendemos ao longo dos livros. Talvez, na altura, não me tenha apercebido, por estar demasiado envolvida na história e por ser muito nova, mas que agora entendo perfeitamente.

Saga Ciclo da Herança (mais conhecida por “Eragon”)

Não sei como nunca vos falei sobre a saga Eragon. Uma das melhores sagas de livros que já li. Depois de ler Harry Potter (e não querendo comparar o incomparável) fiquei com muitas saudades do universo da magia e do fantasioso. Eragon trouxe-me isso de volta em idade adulta. Aconselho muito que leiam esta saga de Christopher Paolini.

Eragon vive com o tio e o primo numa pequena aldeia de forma simples. Um dia descobre uma pedra muito bonita que tenta vender a troco de dinheiro para ajudar a família mas ninguém a compra. E ainda bem. A bonita pedra é afinal um ovo de onde nasce Saphira. um dragão, que se vai tornar o seu melhor amigo. Juntos vão conhecer o mundo mágico ao qual pertencem e lutarão contra o rei Galbatorix.

Vários são os perigos que enfrentam e as descobertas que fazem ao longo dos livros “Eragon”, “Eldest”, “Brisingr” e a “Herança”. Afinal, quem são os pais de Eragon e porque nunca os conheceu? E será Saphira o único Dragão vivo? Quais são os reais interesses de Galbatorix?

Saga Game of Thrones – As crónicas de gelo e fogo

Não é fácil descrever de que se trata. Porque, vejamos, é muita coisa. Famílias a lutar pelo poder: Reis e rainhas, tragédias, conspirações, magia. mortes (muitas mortes!) e mais uma série de coisas que eu acredito ainda não saber, uma vez que estou sempre a ouvir dizer que nada daquilo que eu leio pode ser verdade!! Valha-me deus. Até os mortos podem não estar mortos, seja lá isto o que for!

Esta é mais uma história do universo do fantástico. E é que a saga que estou a ler no momento, vou no sexto volume. Naturalmente há coisas muito mais pormenorizadas e descritas nos livros. Mesmo quem já viu a série, não perde nada em ler, porque há coisas até diferentes. Eu nunca vi a série antes. Estou a acompanhar depois de ler. Cada temporada corresponde mais ou menos a dois livros.

Estão aqui algumas das melhores sagas de livros, na minha opinião. Quais são as vossas?

Se quiserem aproveitar para comprar algum livro na Wook, podem usar o meu link de afiliado clicando na imagem (abaixo ou ali ao lado direito) e fazer as vossas compras normalmente.

leituras-verao-mrec