comidas que tenho sempre cá em casa

Há comidas que tenho sempre cá em casa. Embora eu seja daquelas pessoas que se comeu uma fruta ao almoço embirra em não comer a mesma ao jantar, acabam por existir coisas que tenho que ter sempre.

Eu sou aquele tipo de pessoa que vai ao frigorífico e diz que não há nada para comer quando não há aquela coisa que me apetecia. Mesmo que não saiba o que era exatamente, se não há algo especifico de momento, então não há nada. Quando a comida que tenho sempre cá em casa, não há… então cai o mundo. E é hora de ir às compras.

Também sou do género que é capaz de comer todos os dias as mesmas bolachas ou cereais e depois de um dia para o outro farta-me e deixo de comer. Maluca de todo. Sou só eu?

Nunca gostei muito de rotinas. Faço-as durante uns tempos confortavelmente e depois faço questão de mudar. Confesso que de vez em quando sabe bem manter uma estabilidade nas coisas mas eu sou mais adepta da aventura e da novidade. Em quase tudo, vá. Na comida é um bocado igual. Adoro inovar. Inventar. Mas acabo por voltar sempre aos pratos preferidos ou aos básicos salva vidas. É por isso que apesar de não gostar de estar sempre a comer a mesma coisa, há comidas que tenho sempre cá em casa.

Quais são as comidas que tenho sempre cá em casa?

Pão: eu não tenho vida (adoro esta expressão para dizer que na verdade não tenho é paciência) para “ir ao pão” todos os dias. Portanto compro ao fim de semana, fatio e congelo. De manhã torrado, fica top!

Café: tem de haver sempre. E não é que sejamos dependentes e não vamos sobreviver sem ele. É mais porque é um ritual. De manhã faz sentido e a seguir às refeições é um marco.

Ovos: são uma comida que tenho sempre cá em casa e adoro a sua versatilidade. Faço muitas vezes ovos cozidos para acompanhar uma sopa. Adoro ovos mexidos com arroz e ovos escalfados com uma tosta de abacate

Queijo fresco: quando descobri que gosto de queijo fresco a minha vida mudou um bocado. Não estou a ser dramática, desta vez. Eu não gosto de queijo nenhum e só o cheiro incomoda-me. Portanto gostar de queijo fresco é fixe porque safa lanches e jantares, até.

Fruta: Esta é aquela comida que se não há então começo a passar mal. Faço questão de ter muita variedade e laranjas e bananas não podem faltar.

Cogumelos: outra das comidas que tenho sempre cá em casa. Serve para imensos pratos. Uma massa com cogumelos faz-se em dez minutos (pois, é, eu gosto de massa quase crua).

Sopa: Geralmente faço ao fim-de-semana, ao mesmo tempo das restantes marmitas. Quando não dá tempo, ou não apetece, por preguiça de descascar legumes, compro daquelas feitas do supermercado. A sopa é algo que comecei a incluir ao jantar para comer mais vegetais.

Massa/Arroz: A minha comida preferida é massa, de qualquer maneira, portanto é claro que nunca pode faltar.

Frutos secos: Gosto de ter sempre alguma coisa que vamos tirando do pacote e levando à boca para enganar o estômago naqueles momentos pré refeição em que não quero encher a barriga mas na verdade já tenho fome.

Aveia: Faço questão de ter sempre aveia para fazer panquecas (com banana e ovo) que depois congelo e serve de pequeno almoço durante a semana.

Quais são as comidas que vocês têm sempre?