o que é o paraiso

O que é o paraíso para vocês? O dicionário, além de referir o que é paraíso fiscal, fala de Adão e Eva e ainda de um lugar ou coisa “aprazível”. Já na música do Diogo Piçarra, é uma pessoa.

Tal como a ideia de sucesso, de conforto ou riqueza, o paraíso é algo diferente para cada um de nós.

“Aprazível” para mim significa muito pouco perante aquilo que eu sinto ser o meu paraíso. Deixem-me que vos diga que aprazível é até bem redutor. O meu paraíso não me apraz, apenas. Para mim é muito mais do que (só) agradável. E pode ser coisas diferentes. Ou melhor, é mesmo.

O que é o paraíso, afinal? Eu conto-vos sobre o meu.

Estou no paraíso numa cama de rede e pé dentro de uma água límpida e azul. De facto, esta é a minha ideia em primeiro lugar. Sim o paraíso, para mim, em primeira instância será um lugar. Não reliogioso nem mitologico. Um lugar físico. Talvez esta ideia esteja pré concebida por causa das praias paradisiacas. Sim, pode ser isso. Mas gosto de achar que vem antes da minha ligação aos lugares. E sim, as praias estão no topo dos meus sítios preferidos e onde sou realmente feliz. Portanto, faz sentido!

Outra vertente: Acho que estou no paraíso quando tenho uma mochila pesada às costas e um mapa na mão para chegar a algum lugar e não sei como o fazer. Mesmo na situação não ideal, como esta (porque estou perdida, né?), pode ser um paraíso. Aqui a minha definição, embora contemple um lugar para o qual me dirijo, já muda. Aqui eu vejo-o como uma sensação. A sensação de liberdade, de descoberta, aventura e satisfação.

Quando estou relaxada no sofá a ler um bom livro depois de um dia a trabalhar, num emprego que gosto (importante!) enquanto o jantar está a ser servido (factor a ter em conta) e eu estou cheia de fome (demasiada informação, talvez), já não lhe chamo paraíso, é antes “boa vida”. Digo sempre “isto é vida!”. Porque é. É bom estar no sofá a ler um livro. É das coisas que mais satisfação me dá. Mas prefiro não lhe chamar paraíso. Há que destacar as diferenças para que o (meu) paraíso continue a ser perfeito quando acontece e a ser valorizado como tal.

Então, o que é o paraíso? O meu é um lugar e uma sensação. E o teu?