Palavras (quase) perfeitas # silêncio

Palavras (quase) perfeitas # silêncio

Eu nem sempre gostei do silêncio. Era difícil lidar com ele antes. O silêncio era como estar sozinha. Nunca soube encarar o que isso queria dizer. Não sou apologista de aprender a gostar de coisas, prefiro respeitar as coisas de que não gosto e não acho que tenha de aprender a gostar delas. Mas o silêncio é diferente.

Sempre fui uma pessoa de palavras e de poucos silêncios. Sempre disse aquilo que queria dizer e sempre poupei nos silêncios. Sei que perdi muitas oportunidades de o usar, a verdade é que o silêncio é uma arma bem poderosa. Hoje sei disso, mas nunca considerei que fosse melhor calar, sempre preferi falar. Talvez hoje veja que muitos momentos teriam sido menos amargos se tivesse usado o silêncio. No entanto, creio que apesar de já gostar de estar com ele ainda não o consigo usar em minha defesa.

Hoje em dia já gosto de ter o meu momento de silêncio. Antigamente o silêncio distraía-me. Isto pode parecer confuso, mas para mim é natural. Porque a minha cabeça faz sempre muito barulho. Estou sempre a pensar em alguma coisa e quanto mais silêncio mais isso se propícia. Eu preciso de me abstrair mais do silêncio quando as outras pessoas precisam de se afastar do barulho.

Mas os silêncios mudam. O que antes me levava a divagar hoje é aquele que me faz concentrar. Talvez se aprenda a gostar afinal. Calem as vossas confusões e silenciem a vossa cabeça. Mas nunca deixem em silêncio as coisas que têm que ser ditas (no momento certo, pelo menos). Pode parecer confuso da maneira como o digo. Mas o silêncio para mim ainda é um pouco assim, confuso.

 

*Este post faz parte do desafio Palavras (quase) perfeitas*

4 Comentários

  • Rititi
    29 Novembro, 2017 12:59

    Pois eu que sempre fui muito tagarela como sabes, também aprecio, surpreendentemente, muito o silêncio. Sou capaz de estar sozinha horas a fio e estar no silêncio. Ou gosto de ir para um lugar e apreciar o som como se fosse o meu silêncio… É estranho mas o silêncio faz muita falta! 🙂 beijinhos

  • Green
    29 Novembro, 2017 13:33

    Gostei e concordo totalmente, para mim é o silêncio e o estar sozinha, há uns anos achava isso muito mau, hoje em dia anseio por isso, principalmente ao final do dia de trabalho.
    Quanto ao usar o silêncio e não dizer tudo o que me vai na cabeça, tenho vindo a aprender muito sobre isso ultimamente, principalmente quando debatemos temas polémicos com pessoas que não aceitam quem tem uma opinião diferente da sua, então, prefiro não me manifestar, pois uma pessoa sozinha não consegue criar uma discussão, se ninguém lhe responder.

  • Matilde
    29 Novembro, 2017 17:30

    Gostei bastante da tua forma de tentar lidar com silencio 🙂
    Beijinhosss

  • As coisas dela
    29 Novembro, 2017 17:40

    O que escreveste faz todo o sentido para mim. Não consigo guarda nada que tenha que dizer no momento mas, por outro lado, é bom os momentos em que estou sozinha com o silêncio. Beijinhos*

Deixe uma resposta