livros para viajar

Os livros para viajar não têm que ser só livros de viagens. Isto parece um bocado parvo. Mas olhem que faz mesmo sentido. Porque nós viajamos com qualquer livro.

Livros para viajar sem sair de casa

Mais do que o conhecido “vá para fora cá dentro” o verdadeiro cliché dos leitores diz respeito a viajar sem sair de casa. Só a ler um livro vamos a tantos sítios. Parece só bonito, mas é espetacular. Com uma história entramos no intimo de pessoas, visitamos lugares, conhecemos culturas. Damo-nos conta de situações que existem perto de nós e lidamos com coisas com as quais nunca nos deparamos. Com um livro podemos pensar com outras cabeças e depois decidir o que faríamos nós. Temos oportunidade de refletir sobre uma infinidade de assuntos. E ficamos a saber de coisas que de outra maneira não saberíamos.

Mas à parte de todas estas coisas filosóficas e meio abstratas a verdade é que viajamos mesmo, no verdadeiro sentido da palavra. Já perdi a conta à quantidade de sítios no mundo que quero ver porque li em determinado livro ou em quantos livros e personagens pensei quando estava a passear por alguma cidade. Os livros mostram-nos sítios com a visão de outras pessoas.

Livros com histórias que se passam em Itália

Um dos meus países europeus preferidos. Nos livros já visitei Itália uma data de vezes: “A caminho de casa” conta a história de dois irmãos que se voltam a encontrar para tomar conta do pai e das suas memórias. “Amor e gelato” faz descrições perfeitas das cores de Florença pela mão de dois jovens a apaixonar-se. “A amiga genial” conta a história de duas amigas pelas ruas de Nápoles e “A morte do Papa” leva-nos aos meandros do Vaticano.

Livros cuja história se passa em Londres

Há muitos livros que se passam em Londres e esta é uma cidade adorada por muitos. “A troca” e “À nossa hora” são dois exemplares bastante leves, divertidos e descontraídos que se passam na capital do Reino Unido. Com os livros podemos também viajar até outros tempos. Os Bridgertons já me fizeram conhecer a sociedade londrina do século XIX e adorei cada baile.

Livros que se passam em países tropicais

Um livro que adorei este ano e sobre o qual ainda vos quero falar dele em profundidade um dia destes é o “Até para o ano em Havana” que além de ser um romance tem descrições poderosas sobre Cuba tanto no seu ambiente como na sua história politica. Do mesmo lado do mundo o Havai é protagonista da comédia romântica “Noivos à força”.

Livros que passam na Ásia e na Austrália

E de um extremo ao outro deixem-me falar-vos de Tudo o que nunca fomos, um dos meus livros preferidos deste ano. Uma linguagem e tons de escrita incrivelmente belos para acompanhar o melhor da Austrália. E, se quiserem saber mais sobre a minha adorada Ásia leiam os meus posts. Estou a brincar. O livro “Encontrar-me, encontrar-te, encontrá-lo” passa-se na Tailândia e apesar de eu não adorado a história, vale a pena pelas paisagens que descreve. “A vida secreta das viúvas Panjabi” apesar de se passar em Londres dá-nos uma belo vislumbre da cultura indiana.

Livros com a história centrada em África

Para viajarem até África sugerido “Até lá abaixo” que se trata mesmo de uma viagem real pelo continente e “Irmãs de sangue” que é o primeiro volume de uma saga maravilhosa se passa no Quénia.

Livros para viajar em Portugal

O nosso bonito Portugal serve de pano de fundo a belas e boas histórias. “O segredo mortal” é um thriller entusiasmante que merece toda a vossa atenção. “Raparigas como nós” passa-se no Estoril e dá uma escapada a Madrid. E “A terceira Índia” passa por Lisboa e a Algarve e depois dá um salto a Moçambique. Todos são de autores portugueses que merecem bem o seu reconhecimento pelas excelentes capacidades de escrita e de nos envolver como leitores.

Quais os livros que já vos levaram a viajar?