formas de começar bem o dia

Tenho andado a pensar em formas de começar bem o dia. Das vinte e quatro horas do dia é suposto que passemos oito a trabalhar e outras oito a dormir. Portanto, sobram muito poucas horas para fazermos as coisas que mais gostamos e que nos deixam realmente felizes. Calha bem, que hoje começa a primavera e isso já é um bom indício de felicidade.

Perdemos imenso tempo com coisas que não nos acrescentam nada. Cada vez me apercebo mais disto, ainda que tenha que confessar que nem sempre consiga deixar de o fazer. O certo é que há imensas coisas que fazem com estejamos e sejamos felizes durante o dia. Hoje começa a primavera e é dia da felicidade. E espero que o sol venha mais dia menos dia. Porque os dias com mais luz são sempre dias mais felizes.

Aproveitei que se juntam estas duas coisas positiva hoje e resolvi fazer uma lista de coisas que para mim resultam para ter um dia melhor. Nem sempre tenho tempo de manhã. Mas quando tenho, noto que há uma série de coisas que posso fazer que me deixam mais satisfeita durante o resto do dia.

Formas de começar bem o dia que resultam comigo:
  • Acordar cedo. Calma, eu disse cedo. Não disse com as galinhas. Uma coisa é acordar cedo para aproveitar o dia e ser produtivo, outra coisa completamente diferente é acordar de madrugada. Eu detesto acordar as seis da manhã. (Só o faço se for trabalhar, porque sou obrigada.) Portanto, aqui o meu “cedo” é pelas 8h/9h da manhã evitando ficar dormir até às 12h e perder a manhã inteira.
  • Fazer um pequeno almoço bom, saudável e reforçado. A minha refeição preferida é esta. Portanto esmero-me quando tenho tempo para o fazer com calma. Já bem basta quando entro cedo no trabalho e tenho que beber uma caneca de leite à pressa. Para começar bem o dia tenho que fazer umas panquecas, umas papas de aveia, umas torradas com abacate, qualquer coisa bonita e composta. E ter tempo para o preparar e tirar fotografias para o instagram é um bom prenúncio de um bom dia.
  • Ler. Eu gosto muito de ler a qualquer hora do dia e em especial à noite deitadinha no sofá. Mas descobri o que é ler de manhã. A seguir ao pequeno-almoço, ter um tempinho para ler antes de fazer tudo o resto que temos para fazer é vida. Percebem, vida!
  • Escrever no blog algum artigo que tenha pensado. Ou escrever no meu caderno preferido. Escrever, no fundo, sabe sempre bem.
  • Vestir-me e ir fazer exercício. Prefiro mil vezes fazê-lo à noite depois do trabalho. Ou mil e quinhentas vezes nem sequer ter de o fazer. Mas pronto. Em alturas que não dá para ser assim, no final da manhã também serve e as coisas correm bem porque parece que temos a sensação de dever cumprido. Ficamos fisicamente podres, mas internamente realizados!
  • Ter comida preparada para não perder muito tempo. As marmitas que preparo ao domingo não me dão jeito só para levar para o trabalho mas também para quando almoço em casa.

Obviamente que a manhã não tem assim tantas horas para que seja possível fazer isto tudo. Eu sei. Mas pronto, tento fazer algumas destas coisas uns dias e outras noutros. Claro que se ficar a ver televisão no sofá porque preciso ou só porque me apetece também fico. A preguiça deve ser respeitada.

Eu nem sempre tenho as manhãs livres e nesse caso tento transportar algumas destas coisas para o final da tarde. E quem diz isto, diz outra coisa qualquer que seja a vossa coisa preferida. Hoje é dia da felicidade, vamos receber a primavera, felizes.

Qual é a vossa coisa preferida? Aquela que não podem deixar de fazer para o dia correr bem? Quais são as vossas formas de começar bem o dia? Podem deixar-me as vossas dicas de felicidade.